Brócolis na prevenção do câncer



Brassica oleracea var italica (Brócolis).


Os brotos do brócolis são uma fonte rica de vários isotiocianatos que são bem conhecidos como uma classe de agentes quimiopreventivos contra o câncer. Inibem o tamanho, multiplicação e progressão do câncer da bexiga (Munday et al., 2008).


Os isotiocianatos, que são os principais constituintes ativos de muitos vegetais crucíferos, suprimem o crescimento do tumor através da geração de espécies reativas ao oxigênio, ou por induzir a paragem do ciclo que conduz à apoptose (Gupta et al., 2014).


Também evitam o processo da carcinogênese de próstata. O isotiocianato erucin, é quimiopreventivo do câncer. Entretanto possui menor potência na inibição da proliferação de células de adenocarcinoma da próstata (PC3) (Melchini et al., 2013).


Sulforafano juntamente com outros fitoquímicos, tais como indol-3-carbinol e brassinin têm sido utilizados para a prevenção contra o câncer. Considerando o seu nível de segurança, custos e biodisponibilidade, fitoquímicos têm grande potencial na prevenção do câncer (Gullett et al., 2010). Brócolis no tratamento de diabetes. Mostrou influência benéfica hipoglicêmica em animais experimentais e seres humanos (Platel e Srinivasan, 1997). Os brotos de brócolis melhoram a resistência à insulina em pacientes diabéticos tipo 2 e diminui suas complicações. Esta é uma das novas abordagens para a utilização dos seus componentes antioxidantes (Bahadoran et al., 2012).


O brócolis é rico em flavonóides que têm propriedades anti-inflamatórias e antioxidante que ajuda a proteger contra diabetes, podendo assim resultar em redução do risco da incidência de diabetes (Nettleton et al., 2006). Sulforafano previne a nefropatia, a fibrose induzida pela diabetes e complicações vasculares. O sulforafano é uma excelente escolha para complementar tratamento no diabetes tipo 2 (Bahadoran et al., 2013). Efeito em distúrbios neurais. Sulforafano impede a neurodegeneração e, assim, tem efeito na doença de Alzheimer e doença de Parkinson.


Também possui efeito positivo contra inflamação, perda neuronal e estresse oxidativo (Andrea, 2013). Efeito contra asma, o sulforafano, poderia ser utilizado para suprimir a inflamação nasal, ajuda a reduzir o impacto da poluição por partículas alérgicas na doença da asma (Heber et al., 2014).


Possui atividade antioxidante. O teor de glucosinolatos é utilizado como antioxidante e possui propriedades anti-cancerígenas (Vale et al., 2015). Sulforafano é usado como um suplemento dietético antioxidante, induz enzimas de fase I e fase II para prevenir a carcinogênese e também apresenta ação antitumoral na fase pós iniciação sugerindo papel complementar na prevenção do câncer (De Figueiredo et al., 2015).


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square